LG anuncia Q7 para competir com Moto G6 e Galaxy J6

A LG apresentou nesta segunda-feira (21) o Q7, um smartphone para competir no segmento intermediário. Ele é uma espécie de versão mais acessível do flagship G7 ThinQ, com tela menor (sem notch!) e hardware mais simples, devendo tomar o lugar do Q6, que trouxe o visual com bordas menores aos aparelhos menos caros.

O Q7 tem design com traseira de vidro (o que deve corrigir o problema do plástico frágil do antecessor), possui bordas metálicas e traz certificação IP68 para resistência contra água e poeira (uia!), além de passar no MIL-STD 810G, uma bateria de testes que expõe o produto a choques mecânicos, baixa pressão, variações de temperatura, poeira, vibração e corrosão.

A tela de 5,5 polegadas possui resolução de 2160×1080 pixels, em proporção 18:9. Já o processador, que não teve o modelo exato divulgado pela empresa (rumores apontavam que seria um modelo da Mediatek), varia dependendo do país (LG, pensa bem no que você vai fazer): será um octa-core de 1,5 GHz ou 1,8 GHz. E há três variações de hardware:

  • LG Q7+: 4 GB de RAM, 64 GB de armazenamento, câmera traseira de 16 MP, câmera frontal de 8 MP ou grande angular de 5 MP;
  • LG Q7: 3 GB de RAM, 32 GB de armazenamento, câmera traseira de 13 MP, câmera frontal de 8 MP ou grande angular de 5 MP;
  • LG Q7α: 3 GB de RAM, 32 GB de armazenamento, câmera traseira de 13 MP, câmera frontal grande angular de 5 MP;

Completam o conjunto um Hi-Fi Quad DAC no modelo mais caro (Q7+), para melhorar a qualidade do som com fones de ouvido; bateria de 3.000 mAh com tecnologia de carregamento rápido (50% em 30 minutos); e Android 8.0 Oreo de fábrica. Desta vez, a LG incluiu um leitor de impressões digitais na traseira (yay!), mantendo a tecnologia de reconhecimento facial.

Q7, Q7+ e Q7α serão lançados a partir de junho na Europa, antes de chegarem aos mercados das Américas e da Ásia. Os preços ainda não foram divulgados. Os antecessores, Q6 e Q6+, chegaram ao Brasil por R$ 1.299 e R$ 1.599, respectivamente, despencando de preço no varejo poucos meses após o lançamento. Na prática, os novos modelos devem concorrer diretamente com o Moto G6 e o Galaxy J6.

Fonte: Tecnoblog